Caro Vapor - Vida e Veneno de Don L

by Don L

/
1.
2.
3.

credits

released 08 November 2013
____________________________
Album completo para download em:

tiny.cc/carovapor
____________________________

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist
Track Name: Chips (Controla ou te Controlam)
Chips (Controla ou te Controlam)

[Refrão]

Joga fora o script, bora viver agora
Cê controla os chips ou eles te controlam?
Faz da vida um filme próprio
E não de um filme antigo o próximo
O compromisso é ser o melhor que eu posso
E leva a selva a sério
Leva a séda a sério
Leva a vida pro limite que o destino é incerto
E leva os chips a sério
Leva os chips a sério
Não leva a vida a sério
Leva os chips a sério

[Verso 1]

Rico fora de control
Chips fora
Começou
Vive agora e diz: bom show!
Blade Runner, sem diretor
Redes e câmeras, denso
Espelhos tomando meu tempo
Seguranças em tensão
Pensou?
Vem se quiser na missão, assim
Sem compromisso além do melhor de mim
Se num tá bom pra você?
Foda-se
Quero ser bom pra você se for bom pra mim
Se é assim vem comigo
Vive rápido
Fode no ritmo
Som no máximo
Bota no repeat em homenagem aos…
Chips controlam máquinas
Chips compram suas máscaras
E se consome chips com sonhos endolados em fábricas
Seus salmos são slogans e
Auto-ajuda não é bom assim
Auto-destruição sim
Quanto de cada cê quer?
Passa o cartão, fí!
Vem sem medo, vivão né?
Diz memo o que o irmão quer
Nunca é dinheiro o problema
E é uma pena
A solução é!
Num leva tão a sério
Deus tá vendo
É uma série!
Chama de Vida Premium
Vida e Veneno de Don L

[Refrão]

Joga fora o script, bora viver agora
Cê controla os chips ou eles te controlam?
Faz da vida um filme próprio
E não de um filme antigo o próximo
O compromisso é ser o melhor que eu posso
E leva a selva a sério
Leva a séda a sério
Leva a vida pro limite que o destino é incerto
E leva os chips a sério
Leva os chips a sério
Não leva a vida a sério
Leva os chips a sério

Leva os chips a sério
Controla ou te controlam
Leva os chips a sério
Leva os chips a sério

[Verso 2]

Ter tudo é liberdade
Não ter nada é também
Os números são mutáveis, eu não pertenço a ninguém
Seu mundo é questionável, e eu não curto suas definições
Definições baseadas em definições forjadas
Deleta a muralha do mapa
Pira o GPS
Perdido nas geo-tags
Respira sem stress
Porque de cem, da vida, cê num entende nem dez
Ri do perigo comigo, cola minha hashtag
#foda-se
Track Name: Doce Dose (feat Felipe Cazaux)
Doce Dose

[Refrão: Felipe Casaux]

Uma doce dose de você
Meu veneno
Pela dor que eu pago pra te ter
Tô vendendo
O amor que eu trago pra você
Todo meu carregamento
Uma doce dose
Pra fazer por um momento
Desaparecer
Todo o seu ressentimento

[Verso 1: Don L]

Uns bebem pra esquecer
Uns fumam pra pensar em ter
Uns tão de LSD na platéia do UFC
Querem ver luta na TV
Bruta como deve ser
Porque na rua vai ser, é
Luta pelo vinho bom que eles vendem
Luzes só as do neon e as sirenes
Sonhos como sons
Don L vende
Os piveti entende
Então querem sempre
Aumenta o volume dos fone
Eu não, mas o chão treme
John Lennon vivo no caixão
E o amor morto
Doses de ilusão, Yoko
Olha o que é ser leão no jogo
Por animais em extinção no bolso
Predadores tão a solto
Doce dose
Olho baixo e eles de olho gordo
Ó os cara, eu ó (pfff)
Enquanto eles se fode
Só vou relaxar os neurônio e deixar passar os caminhões
E andar a trinta
E deixar cansar os vacilões (vai)
E tragar a brisa

[Refrão: Felipe Casaux]

[Verso 2: Don L]

Vem
Me
Ame duas vez, tipo o som do Jim
E diz adeus quando o sol vir
Que eu vou embora agora com o dia e
Jogar fora a bia e
Minha doce dose
Do veneno
O amor é foda
Tô vendendo
Deixa o corpo leve e a mente zen
Me protege, onda bad não vem
Porque a vida é breve e o prazer me deve, hein
Leva a dor no verso que a inspiração me quer bem
Ou me tem de refém
Gata vem, vem
Que é a última vez
Gata vem, vem, que hoje tem, tem
Sem ressentimento porque eu te deixei
Sei, sei
Porque eu te deixei
Só pra não dizer que por você eu assinei um três três
Oh Lord !
Essa noite eu vou fazer um blues, baby
Tudo azul como na primeira vez
Tu me leva onde eu te levei, ok?

[Refrão: Felipe Casaux]
Track Name: Enquanto Acaba (feat. Flora Matos)
Enquanto Acaba


[ Verso 1: Don L ]

O mundo jaz
e eu quero ouvir um jazz
Coltrane
e um vinho class
Oh quem nunca provou esse combo
oh, men, se ainda tem como...
Enquanto o mundo acaba
eu fechei a porta
A casa é sua gata
cê me tem agora
Quero mergulhar no seu êxtase
ao ponto de amar seus defeitos
e te contar meus segredos
e a gente dançar sem receios em êxtase
Êxtase
Tecido fininho, camisola green
É meu California Dreams
Fortaleza Dreams
Ela gosta de me seduzir assim em frente o mar
Oh! Cê tá em frente o mar meu amor
Vejo a brisa neblinar o refletor
Sinto seu corpo em todos os sentidos
Na boca nariz e ouvido...
Ó ! Tá ouvindo ?
Olha a chuva vindo
Por fora da janela o mundo indo
O mundo em ruínas tipo Mad Max
E a gente curtindo nossa best tracks
Ei! Essa é nossa last take
Deixa eles no que o Bob chama “Rat Race”

[Refrão: Don L]

E vem curtir comigo
Na rua eu sou bandido
Mas aqui amor
Sou doce como licor

[Refrão: Flora Matos]

Vem curtir comigo
Que amor
A gente é fogo tipo
Tequila com licor

[ Verso 2: Don L ]

Enquanto o mundo acaba
E as fábricas de armas não param
E os carros nas estradas não cabem mais
Tráfego demais
Aluguei um apê
Tráfico de paz
Não sei se preguiçoso ou se malandro
Em cima do meu cobertor de lã
Eu faço samba e amor aproveitando
Que o mundo tá acabando até amanhã

Então deixa eu tirar teu sutiã
Que o mundo
Que o mundo acaba amanhã
Sutiã da cor de macã doce
Eu tirei com a boca
Ela encantou-se

Me perder com a língua nessa pela lisa
E conhecer o ponto em que a matéria dela fica
Mais densa
E não parar
E o que mais penso eu nem vou falar
Onde eu vou parar desse jeito ?
Em ver de pertinho a pele arrepiar no peito
E pelo espelho vejo: que bonito
E depois do amor jogos de criança tipo
Adedonha
Nome de lugar
B! Barcelona!
Nêga vem ser
Minha vadia e minha princesa
Ela diz: só dizer
O que eu quiser que ela seja vai ser
Que beleza
Hoje a noite vai ter

[Refrão: Don L]

E vem curtir comigo
Na rua eu sou bandido
Mas aqui amor
Sou doce como licor

[Refrão: Flora Matos]

Vem curtir comigo
Que amor
A gente é fogo tipo
Tequila com licor